:: O SÍMBOLO
   

O BEIJA FLOR E O INCÊNDIO NA FLORESTA

Em uma imensa floresta viviam milhares de animais, aves e insetos que desfrutavam daquele lugar, até que certo dia uma enorme coluna de fumaça foi avistada ao longe e, em pouco tempo, embalada pelo vento, as chamas já eram visíveis sobre as copas das árvores.

Todos os que habitavam aquela floresta empreenderam uma grande fuga para se salvar. Entretanto, um beija-flor voava ligeiro de um lago ao fogo, levando em seu pequeno bico gotinhas d'água e as arremessava sobre as clamas, tentando amenizar o grande incêndio.

Um elefante parou sua fuga e começou a observar o beija flor, admirado sua tamanha coragem.

Mas, preocupado com o risco que aquela pequena ave corria, o elefante aproximou-se do beija flor e lhe disse:Beija-flor, você está ficando louco? Não está vendo que não vai conseguir apagar esse incêndio com as gotinhas d'água que leva em seu bico? Fuja enquanto há tempo, pois há grande perigo nessa sua tentativa de apagar o incêndio, e se retardar a sua fuga talvez não haja mais tempo para se salvar!

E o beija-flor respondeu: Eu sei que sozinho não conseguirei apagar esse incêndio, mas estou fazendo a minha parte! Faço isso porque vivo nessa floresta e preciso dela para perpetuar minha espécie. Estou dando a minha contribuição. Talvez não seja o suficiente, mas “estou fazendo a minha parte” – repetiu a pequena ave.

Ouvindo isso o elefante marchou rumo ao lago e com sua enorme tromba pegou a maior quantidade de água possível e seguiu o beija flor para também lançar água sobre as chamas.

Notando o esforço dos dois, outros animais lançaram-se ao lago para também “fazer a sua parte”. Assim, formou-se uma imensa brigada de combate ao fogo, e juntos venceram o temível incêndio.

Conclusão
O Projeto Asa Soberana sonhou um grande sonho, que é promover a educação profissional e a inclusão de jovens e adultos para o segmento aeronáutico.

Sabemos que sozinhos – provavelmente – não conseguiremos materializar esse sonho. Mas, com o apoio das pessoas e das empresas, em particular aquelas do segmento aeronáutico, certamente conseguiremos fazer do sonho, a realidade!

Moral da História
Se tivermos a coragem de sonhar um grande sonho, então tudo deveremos fazer para torna-lo realidade.